SP tem 28 mil internados por COVID-19

Taxas de ocupação de UTIs ultrapassaram 91% no Estado e na Grande São Paulo; registros das últimas 24h são de 616 novas mortes e mais de 18 mil casos

O Estado de São Paulo registra hoje (20) 28.292 pessoas internadas pela COVID-19, sendo 11.976 em internações em UTIs e 16.316 em enfermaria. O número é 110% maior que a quatro semanas atrás, em 20 de fevereiro, quando o estado tinha 13.491 pacientes internados.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI Covid são de 91,5% no Estado e de 91,7% na Grande São Paulo.

Pelo segundo dia consecutivo, são mais de 18 mil novas infecções registradas nas últimas 24h (18.028). Nesse intervalo, também foram 616 mortes, média que tem se mantido acima das seis centenas nos últimos dias. Em toda a pandemia, já são 2.298.061 casos confirmados e 67.414 vítimas fatais. Entre o total de casos diagnosticados de COVID-19, 1.987.453 pessoas estão recuperadas, sendo que 227.706 foram internadas e tiveram alta hospitalar.      

Está vigente a Fase Emergencial do Plano São Paulo, com medidas mais duras de restrição, que se estendem até o dia 30, e tem como objetivo garantir a assistência a vida e conter a sobrecarga em hospitais de todo o Estado, além de frear o aumento de novos casos, internações e mortes pelo coronavírus.

Com o recrudescimento da pandemia, o Governo de SP reforça a importância sobre o respeito ao Plano São Paulo e as medidas de distanciamento pessoal, uso de máscaras e higiene das mãos. É fundamental neste momento que a população fique em casa.