Telemedicina de São Caetano chega ao terceiro mês com 4.451 atendimentos e aumento de 20% nas solicitações

A inovação que ganha cada vez mais espaço no setor privado também já é uma realidade na saúde pública de São Caetano: o Telemedicina, serviço de orientação médica implantado pela Prefeitura no início de março, completa o terceiro mês com 4.451 atendimentos realizados.

“Essa é uma inovação que veio complementar a assistência a nossos moradores, trazendo mais conforto e segurança, sobretudo neste momento de pandemia. E, a médio prazo, a base de dados epidemiológicos do serviço de Telemedicina permitirá a formulação de políticas públicas específicas em Saúde, aumentando ainda mais a qualidade de nosso atendimento”, declarou o prefeito José Auricchio Júnior.

O número de usuários atendidos aumenta continuamente. O mês de maio encerrou com 20,5% de atendimentos a mais em relação a abril. E, dentre os usuários, 43,5% fizeram mais de uma solicitação nesse primeiro trimestre, comprovando a aceitação do serviço por parte do munícipe.

Do total das solicitações, 30,1% foram relacionadas diretamente à covid-19 e 17,6% foram dúvidas em relação a sintomas gripais como tosse, gripe e dor de garganta. No entanto, mais da metade dos usuários (52,3%) fizeram uso do serviço para buscar orientações médicas acerca de outros problemas de saúde.

Como resultado do Telemedicina, 85,44% dos munícipes que buscaram orientação médica e de enfermagem deixaram de procurar um pronto-socorro, podendo ter seus problemas solucionados sem sair de casa, por meio de uma ligação gratuita para telefone 0800 941 8543.

COMO FUNCIONA
O serviço de orientação médica por telefone, inédito entre os municípios da região, destina-se a pacientes portadores do Cartão São Caetano, que apresentem problemas de baixa complexidade. Após efetuar a ligação, o morador é atendido por enfermeiros e médicos, que poderão recomendar o uso de medicamentos isentos de prescrição e, dependendo do caso, orientar que o paciente se dirija até a unidade de Saúde mais próxima. Quadros mais graves, de emergência, continuam sendo atendidos pelo telefone 156 (0800 7000 156), do SOS Cidadão.

PROGRAMA ACELERA SAÚDE
Disponível 24h por dia, 7 dias por semana, o Telemedicina integra o Programa Acelera Saúde, que concentra uma série de ações transformadoras no sistema municipal, como os programas Remédio em Casa e Saúde Hora Extra, que amplia o funcionamento de UBSs para as 21h, de segunda a sexta, e inclui atendimento aos sábados, das 8h às 12h.

Por Suzel Tunes | Fotos: Divulgação/PMSCS