Enfermeiro do SAMU morre de covid-19 em Mauá

Ronaldo dos Anjos estava internado no Nardini há 24 dias, entubado, mas não resistiu

Paula Cabrera

Um enfermeiro do SAMU (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) de Mauá morreu nesta sexta-feira (3/7) após 24 dias de internação na luta contra o covid-19. Ronaldo dos Anjos prestou serviços na Saúde da cidade em diferentes setores desde a década de 1990, mas manteve-se mais tempo no atendimento do SAMU.
Segundo amigos confirmaram nas redes sociais, Ronaldo estava no Hospital Nardini desde junho, em 14 de junho há informações de que o quadro foi se agravando e ele já estaria entubado. Há dois dias familiares publicaram que os médicos pediram autorização para fazer uma traqueostomia e confirmaram que ele seguia em sedação. Segundo os relatos, sempre que tentavam diminuir a sedação ele ficava muito agitado e a saturação (oxigênio) baixava, obrigando o retorno da medicação. A família chegou a solicitar doações de sangue no centro de coleta do Mario Covas.
Muito querido de todos que atendiam os serviços de Saúde da cidade, sua partida causou comoção em amigos, conhecidos e mesmo colegas de trabalho. Nesta sexta, as ambulâncias do serviços do SAMU circulam pela cidade com um pano negro, em sinal de luto.