Clubes se solidarizam com morte de filho de repórter da ESPN

Artur Loiola, de 5 anos, morreu após cair de um edifício na região central do Guarujá

Artur Loiola, de 5 anos, filho do jornalista Mendel Bydlowski, repórter esportivo da ESPNmorreu na tarde desta sexta-feira, 10, após cair de um edifício na região central do Guarujá, litoral de São Paulo. Após a notícia, diversos clubes divulgaram mensagens de apoio à família nas redes sociais.

“Muita força ao jornalista Mendel Bydlowski e a toda a família neste trágico momento de perda do pequeno Artur”, escreveu o Corinthians. “A Sociedade Esportiva Palmeiras lamenta o falecimento do filho de Mendel Bydlowski e manifesta as condolências ao jornalista, amigos e familiares”, publicou o Palmeiras.

“O Clube de Regatas do Flamengo lamenta o falecimento de Artur Bydlowski, filho do repórter da ESPN, Mendel Bydlowski. Prestamos nossa solidariedade ao jornalista e a todos os familiares neste momento difícil”, compartilhou o Flamengo em sua conta no Twitter.

Outros clubes como Santos, Cruzeiro, Goiás, Grêmio e Ceará estão na lista. Orlando City e Roma também divulgaram mensagens de apoio.