Guto Volpi aprova projeto para incluir festa Nordestina em calendário de Ribeirão Pires

A festa deve fomentar turismo e comércio com danças, comidas típicas, além de literatura e artesanato da região

Paula Cabrera

O vereador Guto Volpi (PL) comemorou nesta semana o projeto aprovado, em primeira votação na Câmara de Ribeirão Pires, que incluiu a Entoada Nordestina no calendário oficial de festas da cidade. Autor da proposta, Guto afirmou que a aprovação auxiliará comerciantes locais a melhorar vendas. “Toda a cultura do Norte e Nordeste com comidas, artesanatos, literatura de cordel, tudo vai estar presente nessa grande festa, que tenho certeza adicionará muito ao calendário de festas da cidade”, diz Guto.
O projeto visa fomentar o reavivamento da identidade, ação e memória através da cultura de raiz, promover uma maior tomada de consciência para a importância do patrimônio cultural imaterial. “Acreditamos que estreitar a relação presente – passado, estimula a capacidade de compreender, transformar e abrir novas possibilidades de futuro”, diz o texto do projeto.


Com a criação da Entoada, Guto diz que Ribeirão Pires irá proporcionar a oportunidade de vivenciar um pouco da cultura nordestina. “A cultura nordestina é para o povo brasileiro sua base, todo brasileiro é um pouco nordestino. São mais de cinco milhões de nordestinos morando, produzindo, criando e gerando renda em São Paulo”, afirma.
Dados da Fundação Getúlio revelam que 82% dos habitantes de São Paulo, filhos e netos, tem raízes nordestinas. São números que dimensionam o alto nível de representação do Nordeste, não apenas na capital paulista, mas também na região do grande ABC”, diz Guto na proposta.
Ele completa que e Entoada, que deve ser incluída no calendário oficial da cidade a partir do ano que vem “reconhece e valoriza os movimentos culturais populares e homenageia a comunidade nordestina local, a cidade terá uma festa marcada pela pluralidade cultural, danças, costumes de raízes e gastronomia tipicamente nordestinas, onde agregarão mais e mais visitantes e turistas para o nosso munícipio e o fomento do comércio”, conclui.