Mauá mantém indústrias e delivery em funcionamento até às 23h

Prefeito Marcelo Oliveira editou novo decreto para permitir também funcionamento dos ônibus urbanos durante lockdown

Paula Cabrera

O prefeito de Mauá, Marcelo Oliveira (PT), anunciou nesta sexta-feira (26/2) que as indústrias do sertãozinho e do polo do Capuava poderão manter seu funcionamento mesmo durante o lockdown noturno. O decreto publicado nesta sexta-feira confirma ainda que os serviços de delivery poderão funcionar normalmente dentro desse horário. O serviço de ônibus urbanos também seguirão funcionando até as 23h. Na prática, apesar de ter concordado com o Consórcio Intermunicipal do ABC, de aumentar o período do lockdown, Mauá reviu algumas situações para ampliar atendimento destas áreas, entre as 21h e as 23h. “A situação referente à Covid está piorando, infelizmente. Não apenas em nossa região, mas em todo o país. Estamos trabalhando para evitar o colapso no sistema de saúde. Porém, por entender que integramos uma região macro, na qual ações isoladas muitas vezes não nos fazem ter o resultado esperado, chegamos a um acordo dentro do possível, levando em consideração a realidade de cada cidade” , disse o prefeito.
Na região, a determinação prevê o fechamento dos estabelecimentos às 21h, e das 22h até o fim do período as pessoas não poderão circular pelas ruas, assim como não haverá funcionamento de estabelecimentos e transporte público, podendo permanecer somente farmácias e equipamentos de saúde abertos. Os deliverys estão autorizados a realizar entregas, e o deslocamento por meio de veículos particulares serão permitidos, desde que haja justificativa.
A decisão vem na esteira da alta de internações e aumento do tempo médio para recuperação da doença. A média total de ocupação no ABC já ultrapassa os 85%. Em São Bernardo, a rede privada tem 91% de ocupação, na rede municipal o número é de cerca de 70%. Em Santo André a ocupação é de 72% na UTI. Em Mauá, a ocupação chegou a 90% no início da semana e voltou aos 67%. Em Ribeirão, o Hospital de Campanha atingiu 100% da capacidade nesta quarta. Diadema tem 79% dos leitos comuns ocupados e 40% dos de UTI. Rio Grande não possuo leitos de covid-19 e São Caetano, que tem 70% dos leitos ocupados, não topou o aumento das restrições. A cidade será a única do ABC a respeitar os horários previstos pelo governo do Estado.
Em São Bernardo, a Prefeitura anunciou ainda o fechamento do Parque Cidade da Criança até 14 de março. Escolas municipais e estaduais também devem seguir fechadas pela próxima semana.