Ribeirão Pires: Volpi diz que demanda da microrregião sobrecarrega Hospital de Campanha

Prefeito diz que cidade está atingindo 100% da capacidade e precisa de ajuda rápida para corrigir problema

Paula Cabrera

O prefeito de Ribeirão Pires, Clovis Volpi (PL), confirmou nesta sexta-feira (19/2), que o Hospital de Campanha da cidade chegou ao limite de atendimentos e pediu auxílio ao governo do Estado para ampliar leitos e também a permanência do espaço na cidade – previsto em contrato até o fim deste mês. “Estamos com todos os nossos leitos tomados por casos até mais graves, alguns que serão encaminhados para UTI em breve. Mas quero reforçar aqui que atendemos população de Ribeirão, de Suzano, ali da região de Palmeiras, que se sentem mais confortáveis em ser atendidos aqui, assim como população de Rio Grande da Serra, que não tem hospital de campanha e mesmo população de Mauá, da região de divisa, que com diagnóstico positivo preferem atendimento no Hospital de Campanha”, explicou o prefeito.
Volpi afirma que já pediu auxílio ao deputado estadual Thiago Auricchio (PL) para interceder junto ao secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, auxílio para liberação rápida de verbas para o aumento de leitos na cidade e também o valor para renovar a contratação do Hospital de Campanha. “Dependemos, nesse momento, do auxílio do governo do Estado para aumentar leitos não só no nosso hospital, mas em toda a região para termos maior tranquilidade em lidar com a situação”, diz Volpi.
Por fim, o chefe do Executivo pede aos moradores para reforçar cuidados e evitar a disseminação do vírus em Ribeirão. “Vivemos uma onda e precisamos de cautela do nosso povo para evitar novos casos. Acompanhe nossos boletins, estejam atentos com sinais”, conclui o prefeito.