Márcio Araújo pede tradutor de libras em sessões da Câmara

Proposta foi aprovada por vereadores e cidade será a segunda do ABC com opção do serviço

Paula Cabrera

O vereador Marcio Araujo (PSD) propôs nesta terça-feira (2/3) um projeto de resolução para garantir que um interprete de libras participe das sessões da cidade para aumentar a inclusão social na Câmara da cidade. A proposta foi aprovada pelos parlamentares na sessão desta terça-feira. A expectativa de Araújo é de que as transmissões on-line comecem a contar com um tradutor de libras ainda neste semestre. “Espero que daqui um mês e meio ele esteja disponível nas sessões on-line. É importante conscientizar e mostrar que teremos uma Câmara mais inclusiva na questão dos surdos”, explicou Araújo.
Caso o Legislativo mauaense efetive a contratação, Mauá será a segunda cidade do ABC a contar com um profissional para traduzir as sessões aos surdos. Santo André também oferece o recurso. A Câmara de SP já conta com o serviço desde 2017, inclusive em audiências públicas e sessões extraordinárias. Valinhos e Assis, ambas no interior, também oferecem o serviço nas transmissões on-line. Nos casos de SP, Valinhos e Assis, no entanto, a contratação foi feita por meio de licitação.