Governo de SP antecipa vacinação contra COVID-19 para idosos de 67

Novo grupo começa a ser imunizado dois dias antes do previsto; Estado ultrapassou a marca de 2 milhões de pessoas com esquema vacinal completo

O Vice-Governador Rodrigo Garcia anunciou nesta sexta-feira (9) a antecipação da vacinação contra COVID-19 para os idosos de 67 anos para a próxima segunda-feira, 12 de abril, dois dias antes do previsto. A medida foi possível graças à chegada de mais remessas de vacinas do Butantan e da Fiocruz e à otimização da logística e distribuição das grades de doses para todas as regiões do Estado.

“Inicialmente prevista para começar dia 14 de abril, o início da vacinação das pessoas com 67 anos foi adiantado para esta segunda-feira, dia 12. Em São Paulo não tem vacina em prateleira: sai do Butantan, entra num caminhão, vai na distribuição e, da enfermeira, para o braço da população”, destacou Garcia.

As 350 mil pessoas que compõem este grupo poderão procurar os postos a partir da próxima semana para receber sua primeira dose. Outros 760 mil idosos com 65 e 66 anos também começarão a ser imunizados do dia 21 deste mês em diante.

Desde 2 de abril, estão sendo imunizados os idosos de 68 anos, e na última segunda (5) foi iniciada com profissionais das forças de segurança que atuam em São Paulo. Nesta sexta, São Paulo ultrapassou a marca de 2 milhões pessoas com esquema vacinal completo, ou seja, já tomaram a primeira e a segunda dose. Às 12h45, o Vacinômetro apontou que já houve 2.064.800 aplicações de segunda dose. Houve também outras 5.324.631 aplicações de primeira dose, totalizando assim 7.389.431 aplicadas na população do Estado.

“A vacinação continua em ritmo muito acelerado. Mais de 90% das doses recebidas já estão encaminhadas e estão sendo aplicadas na população alvo, tanto de primeira quanto de segunda dose”, enfatizou Regiane de Paula, coordenadora Plano Estadual de Imunização contra COVID-19.

Todas as pessoas que integram os públicos da campanha podem acessar o site Vacina Já (vacinaja.sp.gov.br) para confirmar o pré-cadastro ou realiizá-lo também por um chatbot do WhatsApp, graças a uma parceria entre as Secretarias de Comunicação e da Saúde do governo e a Prrodesp. Trata-se de um assistente virtual que oferecerá as informações necessárias para o pré-cadastro. Para acessar o serviço no WhatsApp, basta adicionar o número +55 11 95220-2923 à lista de contatos e enviar um “oi” ou clicar no link wa.me/5511952202923?text=oi

O pré-cadastro leva de um a três minutos e economiza até 90% do tempo de atendimento nos postos de vacinação. O pré-cadastro não é obrigatório, mas facilita o trabalho dos profissionais da saúde e beneficia a população atendida.