Em Ribeirão, Garcia confirma verba de R$ 16 milhões para Hospital

Vice-governador ainda liberou verba para recuperação de estrada na cidade

Paula Cabrera

O vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), esteve em Ribeirão Pires na manhã desta quinta-feira (8/7) para assinar a tratativa que libera verba de R$ 16 milhões para o governo do prefeito Clovis Volpi (PL) conclua as obras Hospital Santa Luzia, que começaram ainda na gestão de 2008 de Volpi e que estavam abandonadas nas últimas duas administrações.
“Quem nos ajudou desde o início foi Rodrigo Garcia. Por isso não tenho medo de falar que Rodrigo Garcia é o homem certo na hora certa pra que SP progrida cada vez mais. Esse hospital será um legado e não será lembrado pela Prefeitura. Quem construiu foi o Estado e você é o Estado, Rodrigo. Esse legado é seu e ficará para sempre na história de Ribeirão”, disse o prefeito.

Garcia confirmou que esteve na negociação para liberação de recursos desde o início do ano. Ao JNC, Volpi já havia confirmado reuniões com Garcia em fevereiro para conquistar a verba. “Nessas conversas, Volpi levou diversas demandas, mas deixou claro que a prioridade era a construção do hospital e hoje, se torna realidade. Vamos ficar de olho na licitação, porque o dinheiro não vai faltar para terminar esse hospital. A vida de toda a região muda com esse equipamento. O ABC pode contar com o governo de SP”, afirmou Garcia.
A expectativa é de que a nova licitação seja realizada ainda neste ano. As obras tem previsão de 22 meses e o município deve fazer um aporte de R$ 2 milhões.
As obras do complexo hospitalar estão paralisadas desde 2013. O projeto prevê a instalação de centro cirúrgico/obstétrico; centro clínico, pediatria e maternidade.

VERBA PARA RECUPERAÇÃO DE VICINAIS
No evento, além de entregar 2 mil cestas para auxiliar a população de baixa renda e os vouchers para o vale-gás, o vice-governador confirmou a liberação de R$ 12 milhões para recuperação de estradas no município. O investimento deve ser usado na SP 05303, que segundo o governo liga as cidades de Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. O valor veio por meio de emendas da deputada estadual Carla Morando (PSDB), que também conquistou recursos para Mauá e São Bernardo. “É uma alegria ver esses pedidos andando e temos ainda muito mais coisa para sair para o ABC”, prometeu a parlamentar.
Durante o evento, Garcia afirmou que SP deve investir R$ 7 bilhões neste ano em obras, enquanto a previsão do Ministério de Desenvolvimento é liberar R$ 4,5 bilhões para todo o país.
“Assumimos as cidades como prioridades diárias na nossa agenda de trabalho.  Porque fizemos as escolhas certas, na hora certa, hoje SP tem mais dinheiro do que o governo federal pra investir. Investimos para nosso estado ser um orgulho para o Brasil”, concluiu Garcia.