Alto da Boa Vista, Zaíra e Miranda lideram casos de covid-19 em Mauá

Paula Cabrera

A Prefeitura começou a divulgar nesta semana um relatório com o número de casos de coronavírus por regiões da cidade e, novamente, os bairros mais pobres foram os que registaram o maior número de ocorrências de covid-19. Mauá possui 195 casos confirmados e 30 óbitos.
Por regiões, Alto da Boa Vista, Zaíra e Miranda somam 37 ocorrências. Na sequência aparece a região formada por Jardim Rosina, Santa Cecília, Cerqueira Leite, Magini, Oratório e Paranavaí, que aparece com 25 confirmações, empatado com a região Alta da cidade – formada pelos bairros Vila Assis, Vila Vitória, Anchieta, Pedroso, Jardim Camila, Vila Mercedes e Vila Noêmia, também com 25 confirmações.
Há ainda 42 casos distribuídos entre os bairros Parque São Vicente, Jardim Araguaia, Residencial Isabela, Esperança, IV Centenário, Itapeva, Jardim Camargo e Adelina.
Outras duas regiões somam 30 casos, sendo 15 para cada, nos bairros Vila América, Campo Verde, Jardim Mauá l, Vila Falchi, Jardim Aracy, Vila Claudia e os bairros Jardim Maringá , Vila Ana, Bom Recanto, Jardim Olinda, São João, Alvorada e Canadá.
A região do Parque das Américas, Santa Lídia e Salgueiro somam 14 casos.
Na sequência aparece a região formada por Jardim Cruzeiro, São Gabriel, Feital, Chácara Maria Francisca, Itaussú e Jardim Éden, com 10 positivos para covid-19.
O centro tem oito confirmações, entre os bairros Vila Bocaina, Guarani e Vila Dirce.
Por fim, há quatro casos distribuídos pelas suas regiões que compõe os núcleos Chacara São Braz, Recanto Vital Brasil e Chácara do Carneiro e Sônia Maria e Silvia Maria.
Os bairros de Capuava, Vila Carlina e Sertãozinho não possuem nenhuma ocorrência.