Ex-prefeito de Ribeirão Pires, Kiko está internado com Covid-19

Atual secretário da gestão Morando precisou passar dois dias na UTI por conta da queda de saturação

Das agências

O ex-prefeito de Ribeirão Pires e atual secretário de Administração e Inovação de São Bernardo Adler Kiko Teixeira (PSDB) teria tido um quadro grave de covid-19. A informação, que já circulava no meio político, foi confirmada neste domingo pelo Diário do Grande ABC. Kiko teria sido transferido para o quarto após passar dois dias na UTI, devido complicações causadas pelo vírus. A assessoria chegou a afirmar que Kiko já estaria em casa, mas reviu a informação no início desta tarde de domingo (21/3).
Após apresentar baixa saturação de oxigênio, a equipe médica achou melhor internar o tucano em uma UTI para estabilizar a oxigenação nos pulmões do secretário. A informação foi confirmada por sua mulher, Flavia Dotto, que também apresentaria quadros leves causados pelo novo coronavírus. Flavia, entretanto, estaria cumprindo isolamento em casa e não precisou de acompanhamento médico.
Kiko foi internado na capital paulista, no Hospital Santa Catarina.
Após perder disputa para o Executivo de Ribeirão Pires no ano passado, Kiko foi nomeado para ser secretário de Administração e Inovação na Prefeitura de São Bernardo, a convite do próprio prefeito da cidade, Orlando Morando (PSDB).
Além de Kiko, O prefeito de Ribeirão Pires, Clovis Volpi (PL), o de Mauá, Marcelo Oliveira (PT) o de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), o de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB) e o de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (SD), testaram positivo durante a época de campanha eleitoral no ano passado.