Em reunião com Atila, Sindicato pede plano de carreira para a GCM

Da Redação

Servidores da Guarda Civil Municipal e diretores do Sindserv de Mauá se reuniram com o prefeito Atila Jacomussi, nesta segunda-feira (17/8) para pedir a criação de uma comissão de trabalho para elaborar uma nova regulamentação ao plano de carreira da corporação.
Segundo o presidente do Sindserv, Jesomar Alves Lobo, a falta de um plano de promoção profissional tem desanimado os servidores. “É certo que a falta de ascensão na carreira desestimula os profissionais da segurança pública, sem contar os prejuízos de ordem financeira”, pontuou. “A promoção na carreira dos GCM’s é de grande importância para a continuidade e ampliação dos trabalhos, de maneira a proporcionar o constante aprimoramento, sobretudo no que se refere a motivação para que possam continuar comprometidos com a excelência nos serviços prestados à população”, argumentou.
O prefeito de Mauá, Atila Jacomussi, recebeu a carta de reivindicações da categoria e determinou o encaminhamento à Secretaria de Justiça e Defesa da Cidadania, à Administração e à própria GCM, que neste ano completou 53 anos de existência. O documento pede a criação de uma comissão de trabalho composta por representantes da corporação, do Sindicato e da administração municipal.
A Lei nº 4.991, de 28/04/2014, prevê a ascensão funcional dos integrantes da GCM, entretanto, passaram-se seis anos e a medida ainda não foi regulamentada. A corporação conta atualmente com cerca de 250 integrantes. O vereador Robson Roberto Soares, o Betinho da Dragões (PL), intermediou e participou da reunião.