GCM de Mauá estoura cativeiro com mais de 60 animais silvestres

Local abrigada de maneira clandestina aves, macacos e iguanas, na Chácara Maria Aparecida; Guardas prenderam bandidos que foram identificados por crime ambiental

Da Redação

Uma denúncia anônima de vendas de animais silvestres, ao 153, levou Guardas Civis de Mauá (GCM), na tarde deste sábado (27/02), a estourar um cativeiro com mais de 60 exemplares de várias espécies. Haviam alguns animais mortos no local. A casa fica na Chácara Maria Francisca, região que abriga matas e áreas de mananciais da cidade. Dois homens foram presos, um em flagrante. Ambos foram indiciados por crimes de maus tratos e mortes de animais silvestres.

De acordo com o Boletim de Ocorrência eram 56 pássaros, três macacos e três iguanas.

Quem estiver ou morar em Mauá, e flagrar a venda de animais silvestres clandestina ou qualquer tipo de maus tratos, pode denunciar ao 153 da GCM. Não é necessário se identificar.