Ambulantes terão locais demarcados para trabalhar em Mauá

Ação visa garantir a organização dos espaços públicos a trabalhadores e pedestres

Antecipando-se à pós-pandemia, a Prefeitura de Mauá, por meio das secretarias de Trabalho e Renda e de Serviços Urbanos, está realizando a demarcação de espaços públicos para a atuação dos vendedores ambulantes com situação regular no poder público. Ao todo, serão 113 pontos definidos na área central da cidade e em eixos comerciais localizados em bairros.

O objetivo da ação é garantir organização dos espaços públicos aos trabalhadores e a pedestres, além de dar dignidade para quem comercializa seus produtos.

Por conta da fase emergencial do Plano São Paulo de enfrentamento à Covid, do governo do Estado, a atividade dos ambulantes está proibida. Porém, assim que retornarem ao trabalho, encontrarão os espaços devidamente sinalizados.

“Neste momento, estamos realizando a renovação das licenças que já foram emitidas anteriormente. Após este processo, faremos levantamento dos pontos vagos e abriremos chamamento para que os munícipes interessados possam se candidatar”, explicou Nelsi Rodrigues da Silva, secretário de Trabalho e Renda de Mauá.