São Caetano fez atendimento em vítima fatal de coronavírus

Homem de 33 anos passou mal enquanto levava filho ao colégio e foi socorrido no Hospital Albert Sabin ; ele morava e faleceu na capital

Paula Cabrera

O prefeito José Auricchio Jr. afirmou que uma das mortes por conta do covid-19 teve ligação com São Caetano. Em live feita nessa sexta-feira (20/3), o prefeito afirmou que um homem de 33 anos passou mal na cidade quando deixava o filho em uma escola maternal do município. O primeiro atendimento foi feito no Hospital Albert Sabin, posteriormente a vítima foi transferida para um hospital particular de SP, onde ele não resistiu e faleceu. A vítima tinha diabetes e era hipertenso, segundo Auricchio.
A Escola, que fica no bairro Santa Paula, também emitiu um comunicado lamentando a morte do pai do estudante e afirmou que todos os protocolos de Saúde foram cumpridos para evitar a contaminação.
O prefeito José Auricchio e a secretária de Saúde, Regina Maura, lamentaram a morte e orientaram aos moradores a fazerem isolamento domiciliar neste momento de pandemia.
“Os jovens também precisam tomar cuidado, pois há casos graves. Tem um caso de um médico de apenas 31 anos que está entubado em um hospital em São Caetano”, afirmou o prefeito.
A Prefeitura de São Caetano tambem confirmou nesta noite que a idosa que faleceu na cidade na última quinta-feira (19/3) testou negativo para coronavírus. Ainda haverá a contraprova.
São Caetano possui 10 casos confirmados e 131 em investigação.