Prefeitura de São Bernardo abre ao público Praça-Parque no Jardim Las Palmas

Com 6.000 metros quadrados, o projeto de lazer e atividades físicas recuperou área degradada do bairro, além de ser a primeira a destacar fonte d’água e lago naturais preservados ao público

Neste momento que São Bernardo anuncia a reabertura de parques e áreas verdes, dentro do Plano de Flexibilização das atividades, a cidade é contemplada com mais uma praça-parque, concluindo agora ao Jardim Las Palmas.

O local, por décadas abandonado, foi incluído no programa de implantação de novas praças e arenas de esportes do município e, assim, passou por uma transformação, abrindo hoje (15/07) aos moradores e visitantes, repleto de opções de convívio e de lazer ao ar livre. Esse projeto contou com investimento de cerca de R$ 500 mil, contando com a parceria da iniciativa privada, especialmente para instalação de gradil e dos equipamentos.
 
“Retornamos hoje ao Jardim Las Palmas para entregar ao público uma demanda que era há muitos anos solicitada pelos moradores: uma área de convívio e de esportes. Assim, trouxemos esse projeto inovador das praças-parques para esse espaço, antes repleto de resíduos e de itens de descarte do bairro, mas que agora nos ajudou a mudar, inclusive, a paisagem do bairro, proporcionando seis mil metros quadrados, com opções de lazer”, destacou o prefeito.
 
Nos moldes desse Programa de recuperação de áreas abandonadas, a Praça-Parque Jardim Las Palmas Tânia Maria de Santana Peres contará com horário de funcionamento determinado pelos locais, incluindo um morador próximo para abrir e encerrar as atividades ao público. Essa unidade destaca área de convívio, pista de caminhada, academia ao ar livre, área de playground, espaço pet, quadra esportiva, além de paisagismo, gradil, iluminação em Led e pintura geral. Ponto alto desse projeto está na preservação de fonte e curso d’água naturais, que já existiam, e que tornaram possível criar um lago, repleto de peixes, nessa praça.
 
TRANSFORMAÇÃO DO BAIRRO – Aguardada com muita expectativa pelos moradores, essa praça-parque se tornou motivo de orgulho, especialmente aos que muito solicitaram a recuperação dessa extensa área, caso da líder dos munícipes do Las Palmas, Maria Paixão Saroa Soares, 68 anos. “Escolhi essa região da cidade para formar minha família e ter minha casa e, após 33 anos, não somente eu, mas todos daqui estamos orgulhosos e surpresos como a praça se tornou um cartão-postal e, além de toda beleza, deixou de ser um ponto de insegurança e sujeira, para ser a primeira praça e também nossa opção mais próxima para o lazer”, comentou. Já o morador José Luiz Silva, além de satisfeito com a entrega e abertura ao público, destacou os diferenciais do projeto. “É a primeira vez que assistimos e recebemos melhorias reais nesta região. Como cadeirante, ressalto os cuidados que tiveram com acessibilidade, além de proporcionar atividades para pessoas de todas as idades. Além da praça, temos nova pavimentação, iluminação e outros serviços que trouxeram mais qualidade de vida, além de valorizar nossas moradias e o nosso bairro”, concluiu.
 
Com a retomada das atividades, São Bernardo passou à fase amarela, podendo agora reabrir praças e parques. Por isso, essa mais nova praça-parque, além de outras desse tipo, terão pista de caminhada e algumas áreas de convívio acessíveis ao público. Porém, continuam fechados espaços de atividades físicas, como as academias ao ar-livre, quadras poliesportivas, pistas de skate, espaços pets, entre outros que possam propiciar aglomeração ou facilitar a contaminação do vírus, entre as pessoas. Para acessar praças e outras áreas públicas, é obrigatório o uso de máscaras faciais, além da recomendação da higienização contínua das mãos.