GM é a quinta montadora a confirmar parada na região

Fábrica suspende atividades deste sábado até domingo de Páscoa para tentar freiar contaminação por Covid-19

Das agências

A GM (General Motors) é confirmou nesta sexta-feira (26/3) que vai suspender a produção em sua fábrica de São Caetano entre amanhã (27/3) e o domingo de Páscoa (4/4). Com isso, em torno de 30,5 mil trabalhadores que atuam nas companhias ficarão em casa nesse período.
A fabricante de São Caetano estava aguardando a divulgação do decreto municipal, divulgado hoje, que estabelece feriado durante toda a semana que vem. “De acordo com o direcionamento da Prefeitura de antecipar feriados, a GM vai suspender temporariamente as operações na fábrica de São Caetano entre 29 de março e 2 de abril, retomando as atividades em 5 de abril”, diz a empresa, em nota.
Trabalhadores que, eventualmente, forem escalados para trabalhar serão remunerados com horas extras de 100%.
Com isso, a GM é a quinta montadora a anunciar a parada. Volkswagem já está paralisada desde quarta-feira, dia 24, e retorna em 5 de abril. A Mercedes-Benz e a Scania iniciaram hoje o período de suspensão. O retorno será também no dia 5. A partir de então, haverá férias coletivas, em grupos de 1.200 trabalhadores afastados por 12 dias. O revezamento poderá se estender até o fim de maio, ou terminar antes, dependendo da evolução da pandemia.
A Toyota e a Dura Automotive suspendem as atividades a partir de segunda-feira, com retorno também no dia 5.