Greve de Ônibus é suspensa no ABC com decisão de Doria de imunizar motoristas

CPTM e Metrô também devem ter profissionais imunizados a partir de 11 de maio

Paula Cabrera

A greve de ônibus no ABC, prevista para esta terça-feira (20/4), foi suspensa pelo Sintetra (sindicato da categoria). A decisão foi tomada após o governo do Estado sinalizar que incluirá motoristas, cobradores e demais trabalhadores do setor que atuam expostos ao público no grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19. CPTM e Metrô também terão servidores imunizados, provavelmente a partir de 11 de maio.
Os trabalhadores em transportes têm pedido vacinação diante do número de profissionais atingidos pela doença, em especial pela cepa detectada no Brasil, que é mais transmissível e agressiva. O governador João Doria (PSDB) deve passar datas para imunizar profissionais nessa terça. A previsão inicial é de que os profissionais recebam a vacina a partir de 11 de maio. O benefício deverá também ser destinado para profissionais da CPTM e do Metrô, que previam paralisação para o dia 27. Servidores da CPTM relataram ao JNC que teriam recebido um comunicado da empresa confirmando a inclusão de parte dos profissionais na vacinação, no entanto, nem todos os servidores seriam incluídos nesta lista – ficando mais restrita para maquinistas e algumas outras funções de destaque com o público.