São Bernardo testa 15.299 gestantes e idosos com comorbidades para Covid-19

Exames integram tratamento de grávidas que fazem pré-natal na rede de Saúde municipal e de pessoas com mais de 60 anos com doenças como diabetes, hipertensão e obesidade

Da Redação
A testagem em massa tem sido uma das estratégias adotadas pela Prefeitura de São Bernardo como medida de enfrentamento ao Coronavírus. Desde 19 de junho, já foram realizados 15.299 exames para detecção da Covid-19 em gestantes, idosos com comorbidades e familiares de pacientes que apresentaram resultados positivos nas 34 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade.
A medida é destinada a 3.500 grávidas que realizam pré-natal na rede de Saúde municipal e também a todos os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) com mais de 60 anos que tenham comorbidades como diabetes, hipertensão, obesidade ou acamados. Além disso, também são submetidos aos exames os familiares dos pacientes cujos resultados apresentam resultados positivos.

Do total de testes realizados, 2.474 apresentaram resultado positivo, o equivalente a 16% do total. A maior parte de exames foi feita em idosos (9.318), com 1.535 resultados positivos para Covid-19. Na sequência, 3.826 familiares foram submetidos aos exames (com 661 resultados positivos). Entre as gestantes, foram 2.155 testes, com 278 positivadas.
“O teste realizado é o de sorologia, um dos mais confiáveis do mercado. E é realizado pelas equipes das UBSs, em parceria com o Governo do Estado, Instituto Butantã e laboratório HILAB sem custos para os cofres públicos”, destacou o prefeito Orlando Morando. Os moradores estão sendo contatados pelos Agentes de Saúde da UBS de referência para informar sobre a testagem em massa e o exame está sendo realizado mediante agendamento, para evitar aglomerações e o contágio.
O resultado do exame sorológico fica pronto em até 48 horas e é encaminhado pelo laboratório para a UBS e posteriormente para o celular da paciente também via SMS, agregando tecnologia e mais eficiência no diagnóstico e tratamento. Nos casos positivos, o paciente já recebe o acompanhamento e tratamento adequado para a doença, além de realização de teste nos demais integrantes da família.

TESTAGEM NO MUNICÍPIO – Desde o início da pandemia, São Bernardo já realizou mais de 48 mil testes entre PCR e sorologia. Além disso, testou todos os profissionais de Saúde e Segurança (10.800 profissionais).

INQUÉRITO SOROLÓGICO – A primeira etapa do inquérito epidemiológico realizado pela Prefeitura de São Bernardo mostrou que pelo menos 41 mil moradores do município já tiveram contato com o Coronavírus. Entre 1º e 29/06, foram realizados 3.304 testes rápidos em domicílio, com a aplicação de 5.386 questionários a respeito das condições de saúde da população de todos os bairros. O objetivo do estudo é de realizar mapeamento completo a respeito da evolução da Covid-19 na cidade.