A importância do lúdico no ensino de matemática na Educação Infantil

A Matemática, quando a compreendemos bem, possui não somente a verdade, mas também a suprema beleza. (Bertrand Russel)

A Educação Infantil é um período extremamente fértil em relação à construção de novos conhecimentos, sejam eles sociais, afetivos ou cognitivos. Por meio da brincadeira a criança se desenvolve socialmente conhecendo as atitudes e as habilidades necessárias para viver em seu grupo social.

Durante este ciclo educacional é preciso ensinar Matemática levando em consideração os aspectos que compõem o conhecimento matemático da criança, ou seja o relacionando à noção espacial, de formas, de medidas e numérico.

Deve-se usar jogos e brincadeiras como suporte para o ensinoaprendizagem, sempre enfatizando de forma lúdica que a Matemática está em nosso cotidiano. Quando o ensino da matemática é feito com qualidade e significado na Educação Infantil, tende-se a ter alunos com mais facilidade na aprendizagem desta disciplina no ensino fundamental e médio.

O lúdico proporciona sensação de prazer e bem estar na criança, que embora tão pequeninas, já nos trazem conhecimentos matemáticos, desde ao falar que sua boneca é pequenina, enquanto à da coleguinha é grande.

O aluno através da ludicidade, se torna mais participante no processo de ensino-aprendizagem, vê a matemática de uma forma mais leve, não tendo medo de errar.

Inserir o lúdico e principalmente a brincadeira na sala de aula, atinge o aluno de diferente maneiras, e quando o professor pensa em inserir tal prática em sala de aula, ele deve pensar em quais objetivos serão atingidos, pois é de extrema importância que a brincadeira tenha um desenvolvimento significativo para o aluno e não uma atividade com cunho recreativo, valorizando seu desenvolvimento psicológico, cognitivo, emocional, físico, motor e social.

Como educadora, e por já ter vivenciado isso em sala de aula, é comprovado, que através de jogos e brincadeiras o aluno, aprende de forma mais leve e natural.

O aprendizado lúdico desenvolve a confiança no aluno, fazendo com que o trabalho em grupo seja prazeroso, pois as crianças aprender a compartilhar, e ajudar os colegas em situações-problemas.

Iniciando as aulas de matemática, através do lúdico desde a educação infantil, a criança sentirá tanto prazer em fazê-la que não terá chance de vê-la como maçante ou difícil.

Há um grande erro quando se pretende ensinar a Matemática através da memorização e de repetição, onde a criança decora e não aprende com a lógica que a atividade propõe.

Atualmente nota-se que o lúdico vem ganhando força nas aulas de matemática, o que torna a aprendizagem mais prazerosa, pois a criança sempre está em contato com jogos e brincadeiras, quesitos que fazem parte de seu mundo infantil.

O Colégio Galileu possui um corpo docente atualizado com a nova BNCC, onde o “brincar”, e a criança como “protagonista” do processo de ensinoaprendizagem são nossa prioridade. Pensando dessa forma, oferecemos aos nossos alunos desde o Maternal ao Ensino Fundamental II, as aulas de Robótica.

Durante essas aulas, as crianças são desafiadas à pensarem sobre o mundo à sua volta. À partir do pensamento, criatividade e construção, os alunos desenvolvem-se socialmente, com aulas dinâmicas e divertidas, atingindo assim, uma aprendizagem com significado.

#VEM SER GALILEU

#ONDEAPRENDEREDIVERTIDO!

Cristiane Banhos Tavares (Coordenadora Pedagógica da Educação Infantil do Colégio Galileu, pedagoga e especialista em Matemática)