Vereador Munhoz e mais 16 servidores de São Caetano testam positivo para covid-19

Câmara adotou testagem rápida para avaliar possível retorno de sessões presenciais, mas desistiu após resultado

Das agências

A Câmara de São Caetano realizou nesta quarta-feira (15/7) testagem rápida de covid-19 em 188 servidores, precisando afastar 17 deles por também terem testado positivo. Quase 10% dos testados foram diagnosticados com a doença. O vereador Marcel Munhoz (Cidadania), cotado para assumir a vaga de vice confirmar estar com Covid-19, na chapa governista foi um dos que testaram positivo.
A Câmara fez os testes para avaliar a possibilidade de avançar nos atendimentos a partir do dia 17 de julho quando terminará a primeira fase. Desde 1º de julho, a Câmara iniciou atendimento ao público das 10h às  16h, limitadas duas pessoas por gabinete, sendo uma no período da manhã e outra no período da tarde.
De acordo coma Câmara, todos os funcionários usam máscaras e trocam  a cada duas horas. O serviço de limpeza também foi reforçado desde o início da pandemia.
As sessões têm sido feitas por videoconferência e serão mantidas da mesma forma, conforme informou o presidente da Câmara, Pio Mielo (PSDB).