Rede D’Or compra Hospital América

Empresa ainda aguarda aval da bolsa, mas deve assumir local em janeiro

Paula Cabrera com agências

A Rede D’Or anunciou a aquisição de toda a participação societária do Hospital América, localizado na Vila Bocaina. A operação foi realizada pela afiliada Clínica São Vicente e não teve valor revelado.
De acordo com o comunicado, o hospital mauaense tem 112 leitos e realiza cirurgias, além de consultas ambulatoriais e atendimento em pronto-socorro para diferentes convênios médicos.
A Rede D’Or destaca aque a operação está sujeita à aprovação do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica)
O IPO (do inglês Initial Public Offering, ou seja, Oferta Pública Inicial) está programado para acontecer em dezembro e pode movimentar até R$ 12,65 bilhões. O valor é estimado com base no teto das faixas de preços dos papéis, que devem variar de R$ 48,91 a R$ 64,35. As reservas para compra de ações começam a ser feitas no dia 24 e vão até 4 de dezembro. A precificação será no dia 8, e o pregão inicial, do IPO, dia 10.

Outras unidades:

No ABC, a rede Dor também comprou o Hospital Brasil, o,Hospital Bartira, em Santo André, O Hospital Assunção  e  o Ifor, em São Bernardo e o Hospital Ribeirão Pires, em Ribeirão. Há ainda o Hospital São  Caetano,  que foi um complexo totalmente novo erguido na cidade.
O grupo tende manter rede médica e auxiliar mesmo após as compras, focando apenas em obras de padronização dos serviços.
O JNC não conseguiu contato com o Hospital América.