Mauá divulga plano de reabertura do comércio

Shopping abrirá das 16h às 20h e lojas de rua das 11h às 15h; haverá limitação de público

Paula Cabrera

A Prefeitura de Mauá divulgou na noite desta quarta-feira (10/6) o plano para a reabertura do comércio na cidade, que acontecerá a partir de segunda. A flexibilização permite a reabertura de comércios de rua, shoppings, escritórios concessionárias e imobiliárias com horários reduzidos e circulação máxima de 20% de capacidade.
Em publicação nas redes sociais, a Prefeitura de Mauá informou que o Shopping Center abrirá das 16h às 20h, mas com a Praça de Alimentação fechada, podendo funcionar apenas serviços de delivery ou com a opção de retirada para comer em casa.
As lojas em geral, incluindo concessionárias, galerias e mini-shoppings, poderão abrir das 11h às 15h. Escritórios, como de contabilidade, advocacia, administração poderão funcionar das 10h às 14h.
O prefeito Atila Jacomussi (PSB) reiterou que a Zona Azul voltará a funcionar, para reorganizar o fluxo de veículos da cidade. “Orientamos com veemência aos empresários que mantenham as mães com crianças de pequena idade, na fase de creche ou escola, em esquema de trabalho home office, para seguir cuidando delas”, afirma o prefeito, já que não há previsão de retorno das aulas presenciais em todo o Estado de SP.
Todas as atividades deverão manter o atendimento fracionado, fornecer álcool em gel aos clientes e equipamentos de proteção individual aos funcionários, além do uso obrigatório de máscaras. “Vamos fiscalizar para acompanhar se os estabelecimentos estão seguindo as normas de segurança; quem não seguir, será multado, notificado e pode ser lacrado”, afirmou Atila nas mídias sociais.
A flexibilização foi anunciada pelo governador João Doria nesta quarta (10/6), após insistência dos prefeitos das sete cidades. Apesar da retomada gradual, os índices de disseminação do coronavírus na região seguem subindo, com média de 400 novas infecções por dia na última semana.