Doses da pfizer são entregues no ABC

Mauá, Diadema, Santo André, São ão Bernardo, Ribeirão e Rio Grande confirmam recebimento de imunizantes para acelerar vacinação

Paula Cabrera

As Prefeituras do ABC começaram a receber nesta quinta-feira (10/6) doses da vacina contra covid-19 da empresa pfizer, que possui 97% de eficácia contra o coronavírus. Os imunizantes começaram a ser liberados nesta semana para outros municípios. Anteriormente, apenas a capital paulista estava na lista de imunização com essa vacina. Mauá, Santo André, São Bernardo, Diadema, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra confirmaram ao JNC terem recido doses do imunizante, que devem ajudar a acelerar a vacinação na região- há ainda previsão de novas doses da AstraZeneca para essa sexta-feira (11/6) e da jenssen na próxima semana.
Nesta quinta-feira, Santo André recebeu 8.712 doses, Mauá, 6.270 e Diadema, 5.580. Na última sexta-feira (4/6), São Bernardo recebeu 10.020 doses do imunizante. Uma nova remessa foi enviada ao município nesta semana, mas a administração municipal ainda não confirmou a quantidade recebida.

São Caetano recebeu 1.218 doses da vacina Pfizer e serão utilizadas para o público alvo de 58 e 59 anos, sem comorbidades. A vacinação deste público inicia sábado (12), no Estádio Anacleto Campanella. O agendamento é obrigatório e poderá ser feito a partir de amanhã (11) no site coronavirus.saocaetanodosul.sp.gov.br.
Ribeirão confirmou que recebeu 1.884 doses, que devem ser usadas na imunização de grávidas, puérperas e lactantes. A informação sobre os grupos deve ser fornecida ainda nesta quinta-feira.
Rio Grande recebeu 132 frascos, o que deve render, em média, 792 aplicações- cada frasco contém 6 vacinas.
O recebimento das doses está ligado à mudança de armazenamento e conservação para a vacina.
Agora, os frascos fechados podem ser armazenados e transportados entre -25°C e -15°C por um período único de até 2 semanas e podem retornar a -90°C a -60°C.
Antes dessa inclusão, a bula já definia que a vacina deve ser “mantida no congelador a uma temperatura entre -90°C e -60°C” e que, “uma vez retirada do congelador, a vacina fechada pode ser armazenada por até 5 dias entre 2°C e 8°C”.